Alcoólicos Anônimos (AA) Francisco Morato, São Paulo

Alcoólicos Anônimos (AA) em Francisco Morato. Encontre telefones, endereços e informações sobre Alcoólicos Anônimos (AA) em Francisco Morato e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Alcoólicos Anônimos (AA).

Clínica de Reabilitação Cati
(11) 4521-6517
Rua 23 de Maio 91
Jundiaí, São Paulo
 
Desafio Jovem de Mairiporã
(11) 4604-2741
Rodovia Fernão Dias km 62
Mairiporã, São Paulo
 
Reage Clínica de Reabilitação Geral
(11) 4526-6697
Rua Alberto Moraes Pereira 8
Jundiaí, São Paulo
 
Clínica de Reabilitação Reviver
(11) 4016-4040
Avenida de Ligação Para Rodovia Marechal Rondon
Jundiaí, São Paulo
 
Centro de Reabilitação Esportiva Roncoletta
(11) 4402-3769
Rua José Carlos Tamassia 140
Atibaia, São Paulo
 
Centro de Resgate Evangélico Shalon
(11) 4486-1486
Estrada 5 360
Mairiporã, São Paulo
 
Desafio Jovem Rosa de Saron
(11) 4599-8284
Rua 1 80
Jundiaí, São Paulo
 
Associação Evangélica para Recuperação Vidas
(11) 4601-2784
Rua Lupércio Decarli 260
Jundiaí, São Paulo
 
Stimuly Núcleo de Terapias Integradas
(11) 4586-3674
Rua Portugal 177
Jundiaí, São Paulo
 
Clínica Maxwell
(11) 4414-5577
Av Horacio Netto, 357
Atibaia, São Paulo
 

A.A, Alcoólicos Anônimos

“Não deixe que o Alcoolismo destrua sua vida”O único requisito para ser membro de AA é o desejo de parar de beber.Para ser membro não precisa pagar taxas ou mensalidades, pois o grupo é auto-suficientes, graças a suas próprias contribuições. O propósito primordial é o de se manter sóbrios e ajudar outros alcoólatras a alcançarem a sobriedade.Embora ainda visto por muitos como um vício, o alcoolismo foi reconhecido como doença, progressiva e incurável, e leva seu portador fatalmente à loucura, ou morte prematura. Também fazendo com que a pessoa perca o domínio das suas atitudes.Apesar da imensa gravidade da doença, pouco ou nada se sabe com certeza sobre suas causas. O alcoolismo atinge indistintamente homens e mulheres de qualquer idade e de todas as raças, ateus e religiosos, intelectuais e analfabetos, pobres e ricos. O alcoólatra pelo seu comportamento, causa desajustes, angústias, privações e sofrimento a todos aqueles que o cercam.Embora incurável e progressivo, o alcoolismo pode ser detido em sua marcha, e para isso é necessário que o alcoólatra se abstenha totalmente do álcool. Quando a doença se manifesta só resta detê-la, pois o portador, mesmo abstêmio durante anos, se tomar um único gole, tem grande chance de logo estar bebendo tanto ou mais que antes. Essa abstinência constante pode se conseguida pela aceitação voluntária do programa de recuperação dos Alcoólicos Anônimos.Maiores informações: http://www.alcoolicosanonimos.org.br/