Anemia Falciforme Teresina, Piauí

Anemia Falciforme em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Anemia Falciforme em Teresina e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Anemia Falciforme.

Manoel Chaves Filho
(86) 3223-5600
R Felix Pacheco 1870
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ceciane Alves Nery
(86) 4009-1110
R Coelho de Resende 1276
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Thereza Christina Pereira Leal
(86) 3223-6664
R Alvaro Mendes 2268 - Sala 106
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Teresa Sousa M Rezende
(86) 3221-4805
R Vinte e Quatro de Janeiro 294 - N
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aurora Moura de Brito
(86) 3221-5408
R Gabriel Ferreira 574 - S S 02
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Francisco Jose Lima
(86) 3226-1312
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Inocencia Ferreira Melo
Av Tomaz Rebelo 462
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose de Ribamar Tourinho
(86) 3232-4945
Av Miguel Sady 209
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Francisco Luis Lima
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Nunes Martins
(86) 3223-5492
R Desembargador Pires de Castro 765 - S
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Anemia falciforme – o que é, tratamento

Anemia falciforme causa palidez e mal estar.A anemia Falciforme é uma má formação das hemácias resultante de um distúrbio hereditário, predominante em indivíduos de raça negra, onde essas células deixam sua forma de disco bicôncavo e assumem aparência semelhante a uma foice (daí o nome falciforme). Essa modificação leva a uma diminuição da capacidade dos eritrócitos em transportar gases. Outra alteração que ocorre é que a hemácia deixa de ser elástica e se torna endurecida, dificultando a passagem de sangue para todos os tecidos.A hemácia falciforme possui a hemoglobina S, que na ausência de oxigênio se cristaliza formando um pequeno trombo que contribui para piorar ainda mais o fluxo sanguíneo local.É importante lembrar que, por ser uma doença genética de caráter recessivo, é preciso que o gene alterado seja transmitido pelo pai e pela mãe. Se apenas um dos pais transmite o gene, o filho terá o ‘traço falciforme’, que pode ser passado para seus descendentes. O traço falciforme inclui manifestações bem mais brandas da doença, que inclusive podem passar despercebidas.Sinais e SintomasPor ter um déficit na quantidade de hemácias saudáveis que transportam efetivamente os gases dissolvidos no sangue, é comum a presença de todos os sintomas clássicos da anemia:Fadiga;Fraqueza muscular;Palidez;Entretanto, existem alguns sintomas que são característicos da anemia falciforme aguda, resultado do aumento da viscosidade sanguínea e formação de trombos.Dor forte em regiões musculares e conjuntivas (principalmente mãos e pés);Inchaço dos membros.A falta de oxigenação decorrente das emacias ineficientes causa imensa fadiga.Concomitante aos eventos anteriormente citados há um aumento na quantidade de células doentes, uma vez que a falta de oxigênio altera o pH do sangue, deixando-o mais ácido, o que facilita a formação de hemácias falciformes. Isso torna o quadro ainda mais grave e pode resultar em:Hemorragias;Descolamento retiniano;Priapismo;Acidente vascular cerebral;Infarto;Insuficiência renal e pulmonar;Aumento no número de infecções.DiagnósticoO exame laboratorial específico para o diagnóstico de anemia falciforme é a eletroforese de hemoglobina, no entanto, uma medida de triagem muito simples e que pode prevenir complicações precocemente é o exame do pezinho, capaz de detectar a hemoglobina S logo que a criança nasce.TratamentoO transplante de medula óssea oferece cura para uma pequena parcela dos portadores de anemia falciforme, e ainda não existe outro tratamento específico com cura amplamente disponível, por isso é importante que o portador dessa doença faça acompanhamento médico regular.O tratamento disponível tem por objetivo melhorar os sintomas e prevenir as complicações, garantindo uma melhor qualidade de vida. É preciso que se tenha uma alimentação saudável e uma suplementação de ácido fólico pode ser benéfica, ajudando na produção de células vermelhas. A hidratação é essencial e o portador de anemia falciforme não deve beber menos do que oito copos de água por dia, o que vai ajudar a melhorar a viscosidade sanguínea. Exercícios físicos extenuantes devem ser evitados, porém é importante que praticar alguma atividade física, que deve ser recomendada por um médico.Lembre-se de que a febre é um sinal de aviso, e medicamentos não devem ser administrados sem prescrição médica. Caso a criança tenha ficado pálida repentinamente, leve-a imediatamente ao médico.As emacias normais são redondas com uma concavidade no meio. Porém, as falciformes possuem aparência completamente diferente, por isso são menos eficientes.A anemia falciforme é uma doença que, como qualquer outra, requer cuidados especiais, mas não impede que se tenha uma vida normal e feliz, desde que os cuidados necessários sejam seguidos.