Artrose Almirante Tamandaré, Paraná

Artrose em Almirante Tamandaré. Encontre telefones, endereços e informações sobre Artrose em Almirante Tamandaré e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Artrose.

Acir Rachid Filho
(41) 3022-7366
Rua Padre Anchieta 1846 - Conunto 1108
Curitiba, Paraná
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Salun Aragão
32402900
Al. Júlia da Costa 1447
Curitiba, Paraná
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Clínica do Joelho
(41) 3026-5458
Avenida Presidente Getúlio Vargas 3066
Curitiba, Paraná
 
Clínica Fraturas Santa Felicidade
(41) 3273-4838
Avenida Manoel Ribas 6457
Curitiba, Paraná
 
Clínica San Rafael
(41) 3335-6050
Rua Brigadeiro Franco 350
Curitiba, Paraná
 
Carlos Castello Branco Neto
(41) 3222-3715
R Jose Loureiro 133 - 9a Cj 912
Curitiba, Paraná
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Maria Cristina Singer Wallbach
(41) 3283-1154
Rua Dr. Marcelinoogueira 215 - 5ºAndar Sala 23
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Instituto de Joelho e Ombro
(41) 3243-6135
Avenida Silva Jardim 2455
Curitiba, Paraná
 
Centro Ortopédico D'itália
(41) 3297-2450
Rua Santa Bertila Boscardin 200
Curitiba, Paraná
 
Clínica de Fraturas Torres
(41) 3366-2220
Avenida Comendador Franco 2795
Curitiba, Paraná
 
Dados Divulgados por

Artrose: sintomas, causas e tratamento

Artrose no joelhoA artrose é caracterizada por um desgaste da cartilagem das articulações. O tecido cartilaginoso tem função de amortecedor, protegendo os ossos da pressão e do atrito que sofrem com os movimentos. Quando a cartilagem se deteriora, os ossos se tocam e se desgastam.As regiões mais afetadas são as articulações do quadril, joelhos e pés. Pois, estas acabam suportando o peso do organismo ou fazendo movimentos em excesso, levando ao desgaste. Em geral, o envelhecimento e a sobrecarga da articulação fazem com que ocorram lesões articulares, acarretando desgaste e perda da elasticidade.O início da doença é normalmente a partir dos 45 anos de idade, em média. Porém, pode ocorrer bem antes, quando há traumatismo de algum membro ou problemas congênitos da articulação (que nascem com a pessoa).Sinais e sintomasA doença faz com que a superfície por onde o osso desliza se torne rugosa, aumentando o atrito. Por isso, os principais sintomas são dor e limitação do movimento articular.A dor ocorre principalmente no período da manhã, com limitação do movimento. A pessoa sente dificuldade ao movimentar o membro, com sensação de rigidez. Após alguns minutos os sintomas desaparecem e os movimentos tornam-se normais.A dor que ocorre na artrose é do tipo “mecânica”, ou seja, ocorre após os movimentos com a articulação e melhora após repouso do membro afetado.Radiograficamente, é possível detectar a artrose pelos achados clínicos como diminuição do espaço cartilaginoso e presença de osteofitos (bico de papagaio). Esses osteofitos são novas formações ósseas que ocorrem devido ao desgaste.Exercícios físicos ajudam a prevenir artroseFatores que ajudam no aparecimento da artrose:1. Sobrepeso nas articulações; carregar objetos muito pesados;2. Obesidade;3. Idade avançada;4. Sedentarismo. (atividades físicas previnem artrose).Tratamento1. Atividades físicas que não exijam muito esforço da articulação, como caminhar ou andar de bicicleta. É necessário que as atividades durem, no mínimo, de 20 a 30 minutos sem interrupções.2. Uso de anti-inflamatórios não hormonais. O grande problema destes medicamentos é com relação a danos na mucosa gástrica. Por isso, quando o paciente não tem sinais de inflamação articular, o médico opta por administrar apenas analgésicos que não danifiquem o estômago.3. Medicamentos protetores da cartilagem. São mais empregadas na doença não avançada, quando os danos na cartilagem ainda não estão muito evidentes. O princípio desses medicamentos é nutrir a cartilagem, prevenindo ao máximo o desgaste.4. Fisioterapia. Alguns médicos aconselham a fisioterapia para tentar diminuir a dor, estimulando movimentos de alongamento.Fisioterapia pode melhorar a dor da artrose