Artrose Caucaia, Ceará

Artrose em Caucaia. Encontre telefones, endereços e informações sobre Artrose em Caucaia e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Artrose.

Marta Maria Magalhaes Braga Andrade
(85) 3244-0600
R Joaquimabuco 1533 - S/06
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Antonio Cleyton Mendonca Ribeiro
3224-3101
Av Desembargador Moreira 2689
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Daniela Cabral de Sousa
3458-7070
Av Dom Luis 500
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Mailze Campos Bezerra
3257-3082
Av Pontes Vieira 2531
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Sheila Marcia de A Fontenele
3226-4587
R Antonio Augusto 1271
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Jose Eduardo de C Goncalves
3088-3478
R Beni Carvalho 239
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Karla Barreto Ivo Ximenes
3252-0021
R Dona Leopoldina 580
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Marta Maria Magalhaes B Andrade
3244-0600
R Joaquim Nabuco 1533
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Marta Maria Magalhaes B Andrade
Rua Joaquimabuco 1533
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Lanese Medeiros de Figueiredo
3257-3055
R Leonardo Mota 2661
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Artrose: sintomas, causas e tratamento

Artrose no joelhoA artrose é caracterizada por um desgaste da cartilagem das articulações. O tecido cartilaginoso tem função de amortecedor, protegendo os ossos da pressão e do atrito que sofrem com os movimentos. Quando a cartilagem se deteriora, os ossos se tocam e se desgastam.As regiões mais afetadas são as articulações do quadril, joelhos e pés. Pois, estas acabam suportando o peso do organismo ou fazendo movimentos em excesso, levando ao desgaste. Em geral, o envelhecimento e a sobrecarga da articulação fazem com que ocorram lesões articulares, acarretando desgaste e perda da elasticidade.O início da doença é normalmente a partir dos 45 anos de idade, em média. Porém, pode ocorrer bem antes, quando há traumatismo de algum membro ou problemas congênitos da articulação (que nascem com a pessoa).Sinais e sintomasA doença faz com que a superfície por onde o osso desliza se torne rugosa, aumentando o atrito. Por isso, os principais sintomas são dor e limitação do movimento articular.A dor ocorre principalmente no período da manhã, com limitação do movimento. A pessoa sente dificuldade ao movimentar o membro, com sensação de rigidez. Após alguns minutos os sintomas desaparecem e os movimentos tornam-se normais.A dor que ocorre na artrose é do tipo “mecânica”, ou seja, ocorre após os movimentos com a articulação e melhora após repouso do membro afetado.Radiograficamente, é possível detectar a artrose pelos achados clínicos como diminuição do espaço cartilaginoso e presença de osteofitos (bico de papagaio). Esses osteofitos são novas formações ósseas que ocorrem devido ao desgaste.Exercícios físicos ajudam a prevenir artroseFatores que ajudam no aparecimento da artrose:1. Sobrepeso nas articulações; carregar objetos muito pesados;2. Obesidade;3. Idade avançada;4. Sedentarismo. (atividades físicas previnem artrose).Tratamento1. Atividades físicas que não exijam muito esforço da articulação, como caminhar ou andar de bicicleta. É necessário que as atividades durem, no mínimo, de 20 a 30 minutos sem interrupções.2. Uso de anti-inflamatórios não hormonais. O grande problema destes medicamentos é com relação a danos na mucosa gástrica. Por isso, quando o paciente não tem sinais de inflamação articular, o médico opta por administrar apenas analgésicos que não danifiquem o estômago.3. Medicamentos protetores da cartilagem. São mais empregadas na doença não avançada, quando os danos na cartilagem ainda não estão muito evidentes. O princípio desses medicamentos é nutrir a cartilagem, prevenindo ao máximo o desgaste.4. Fisioterapia. Alguns médicos aconselham a fisioterapia para tentar diminuir a dor, estimulando movimentos de alongamento.Fisioterapia pode melhorar a dor da artrose