Botulismo Pelotas, Rio Grande do Sul

Botulismo em Pelotas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Botulismo em Pelotas e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Botulismo.

Milton Martins Moraes
Dr Cassiano 47
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Nelson Ribas Pacheco
(53) 3227-2920
Rua Pinto Martins 800
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Mariane Terezinha Geller
(51) 3227-1204
Rua General Osorio 1184
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ildo Eugenio Fonseca Chiattoni
(53) 3026-2940
R General Osorio 1236
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Soares Siedler
(53) 225-4081
R Tiradentes 2923
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Rosana Souza Van Der Laan
(53) 3028-2882
R Goncalves Chaves 659 - Sl. 309
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Joao Alfredo Costa da Silveira
(53) 225-8244
R Generaleto 1361 - Sl. 101
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Augusto Froner Bicca
532-2559
R Marechal Deodoro 800 - Sl. 701
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Margot Fetter Costa
(53) 3225-5941
Pca Piratinino Almeida 8 - 14
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilberto Abduch Junior
(53) 3225-0144
Rua Três de Maio 970
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

O que é Botulismo? Diagnóstico e tratamento

O botulismo é uma forma de intoxicação alimentar rara, mas que pode ser completamente fatal. Ela é causada por uma toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, presente no solo e em alimentos contaminados e mal conservado. A intoxicação se caracteriza por um comprometimento severo do sistema nervoso, que se não tratado a tempo mata.Os alimentos em risco que se não conservados e tratados corretamente estão mais vulneráveis ao Clostridium botulinum são os enlatados ou embalados a vácuo, isso porque a bactéria só se desenvolve em ambientes sem oxigênio.A intoxicação acontece da seguinte forma:1 – O alimento é contaminado ainda no solo, por esporos ultra-resistentes. Quando conservado, o microorganismo se modifica e começa a produzir a toxina. As latas inchadas ou com aparência de estar cheia de ar, podem ter a presença da bactéria.2 – Quando o alimento é ingerido, essa toxina é absorvida pelo aparelho digestivo e assim entra na corrente sanguínea.3 – A toxina quando atinge o sistema nervoso, interfere na comunicação entre as células nervosas. Com a falta dessa comunicação vital, as funções do organismo começam a ficar debilitadas.4 – Dessa forma o sistema nervoso deixa de avisar a necessidade de contração muscular, assim a paralisia dos músculos é frequente entre as pessoas que estão sob o efeito dessa toxina.Os sintomas da intoxicação aparecem entre 12 e 30 horas depois da ingestão do alimento contaminado. Veja abaixo alguns sintomas:- Aversão à luz;- visão dupla com dilatação da pupila;- disfonia, dificuldade para articular palavras;- vômitos e secura na boca e garganta;- disfagia, dificuldade para engolir;- paralisia respiratória que pode levar à morte;- constipação intestinal;- retenção de urina;- debilidade motora.O tratamento para a intoxicação consiste em manutenção das funções vitais e uso de soro antibotulínico. O soro impede que a toxina circulante no sangue se instale no sistema nervoso.A recuperação dessa doença é lenta, pois depois que a toxina se instala entre as células nervosas é destruída pelo sistema nervoso de defesa do corpo. Não há medicamentos ou soro que eliminem a toxina.