Calazar Pelotas, Rio Grande do Sul

Calazar em Pelotas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Calazar em Pelotas e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Calazar.

Luiz Henrique Lorea de Lorea
(53) 227-2035
Rua Br Sta Tecla 583 - 804/805
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Dias Soares Neto
(53) 222-5210
Rua Felix da Cunha 655
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Rosana Souza Van Der Laan
(53) 3028-2882
R Goncalves Chaves 659 - Sl. 309
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ildo Eugenio Fonseca Chiattoni
(53) 3026-2940
R General Osorio 1236
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Milton Martins Moraes
Dr Cassiano 47
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria da Graca Valente Cardoso
Rua Cassiano 451
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carlos Edmundo D. Gastal
(53) 3222-4714
Rua Gen Angolo 1386 - a
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Margot Fetter Costa
(53) 3225-5941
Pca Piratinino Almeida 8 - 14
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Nelson Ribas Pacheco
(53) 3227-2920
Rua Pinto Martins 800
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Joao Alfredo Costa da Silveira
(53) 225-8244
R Generaleto 1361 - Sl. 101
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Calazar – Causas, Sintomas e Tratamento

Calazar, também conhecida com Leishmaniose, que durante muito tempo era restringida ao protozoário, que é o agente causal da doença, ao mosquito transmissor e aos animais das matas, seus hospedeiros definitivos principalmente os roedores.A transmissão da doença se verifica por meio da picada de um mosquito da espécie Phlebotomus intermedius, popularmente conhecido como mosquito palha. É uma doença que costuma se desenvolver em cães, podendo ser transmitida ao homem.Comprometendo os órgãos viscerais, principalmente o fígado, o baço e a medula óssea. O Calazar costuma se propagar nas regiões rurais, sendo comum no nordeste brasileiro.Ao picar o homem sadio, o mosquito inocula formas promastigotas, que são englobadas pelos macrófagos, transformando no seu interior nas formas amastigotas, que logo passam a se reproduzir ativamente. Estes macrófagos levam o Calazar, através do sangue, para o fígado, baço e medula óssea, produzindo graves lesões. A pessoa infectada passa a se sentir febril, cansado, nota um aumento de volume em seu fígado e seu baço, com a evolução da doença surge anemia, hemorragias nasais, gengivais e intestinais, queda dos cabelos entre outros sintomas e sinais. A morte poderá sobrevir por distúrbios respiratórios, circulatórios, etc.O Calazar faz cerca de 500.000 vítimas a cada ano, afetando principalmente a Índia, África, Brasil e alguns países do mediterrâneo.Para prevenir o Calazar é necessário combater ao inseto adulto e aos criadouros, com inseticidas, o uso de telas nas janelas, o uso de repelentes para impedir as picadas do mosquito palha e o principal é evitar circular em ambientes de mata fechada. Lembrando sempre que essa doença é visceral, o que implica no agravamento do quadro quando os sintomas não são diagnosticados precocemente.Sendo de suma importância o tratamento do indivíduo doente o qual é feito a base de remédios prescritos por um médico especialista na área que com os recursos adequados solicitará exames minuciosos e se for necessário poderá até exigir internação.Cuide-se, pois a prevenção é o melhor remédio.Conteúdo avaliado com média: