Desidratação Caucaia, Ceará

Desidratação em Caucaia. Encontre telefones, endereços e informações sobre Desidratação em Caucaia e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Desidratação.

Antonio Maia Pinto
R Osvaldo Cruz 1089
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Elsie Goes Moreira
3214-1339
R Professor Anacleto 33
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Francisco Maia Pinto
3221-5435
R Jaime Benevolo 1644
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ricardo Augusto Rocha Pinto
R Papi Junior 1222
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Maria Costa Batista
3495-3813
Av Holanda 235
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valdy Ferreira de Menezes
3458-1630
Av Dom Luis 500
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jacinta Maria Parente Vieira
3287-4820
Av Bezerra de Menezes 2711
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Liana Maria Juca B Mattedi
(85) 4011-2767
Travessa Dom Luís 1200
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Silvana Cristina S Albuquerque
Av B 690
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fabricio Andre Martins Costa
3279-5059
R Pedro Firmeza 712
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como evitar a desidratação

Durante o verão um dos problemas de saúde mais recorrentes por conta das altas temperaturas é a desidratação. E para ficar desidratado não é muito difícil, pois muitas pessoas não se preocupam em se cuidar e escolher o que ingerem e em que quantidade, por isso é preciso ficar atento aos tipos de alimentos e bebidas que são consumidos para evitar esse problema. Entenda mais sobre a desidratação e como preveni-la, veja:A desidratação é um dos problemas mais recorrentes no verão (Foto: Divulgação)Desidratação O corpo de todo ser humano possui cerca de 70% só de água e no verão as pessoas costumam eliminar excessivamente esse líquido por conta do calor através de suores, fezes e urinas. A desidratação está ligada a falta de líquidos no corpo (principalmente a água) e também outros nutrientes que colaboram para a boa hidratação como frutas e legumes, por exemplo. Saiba como se prevenir da desidratação tomando a quantidade certa de bebidas e ingerindo alimentos saudáveis para ajudar.Previna-se!Beba água e alimente-se bem no verão (Foto: Divulgação)- Beba bastante líquido:não é sacrifício nenhum ingerir bebidas (não alcoólica) quando está calor não é mesmo? Então aproveite e dê preferência aos sucos naturais de frutas como abacaxi, laranja, melancia, manga, água de coco e também não se esqueça da principal fonte para a sua hidratação que é a água, lembrando que o indicado pelos nutricionistas e médicos é beber cerca de dois litros por dia. Portanto inicie a sua hidratação por essa dica fundamental! Para as crianças às vezes é mais difícil conseguir que elas bebam a quantidade certa, mas oriente-as oferecendo um pouco de cada vez e não espere que elas sintam sede, pois esse já é sinal de desidratação.Alimente-se bem (Foto: Divulgação)- Faça alimentação saudável: uma boa alimentação é fundamental para o fator da nutrição e também da hidratação, por isso dê preferência aos alimentos que não possuem muitas calorias e comprometem a saúde, coma verduras, legumes, frutas (as cítricas são ótimas) para colaborarem no desempenho da sua hidratação.Se você está com suspeita de desidratação ou quer saber mais, conheça os principais sintomas.Dores de cabeça e até desmaios podem ser consequência da desidratação (Foto: Divulgação)Quando a desidratação é leve é comum sentir sede, cansaço, ficar com a aparência pálida, com mucosas secas e também com ressecamento na pele; já quando é grave outros sintomas mais sérios como moleza, tontura, confusão mental e até desmaio acontecem. Você pode tratar uma desidratação leve com soro caseiro, mas caso não faça efeito ou os sintomas forem mais sérios o recomendado é procurar um médico.Agora que você já sabe como evitar, aproveite o verão com consciência!