Dieta Do Mediterrâneo Cuiabá, Mato Grosso

Dieta Do Mediterrâneo em Cuiabá. Encontre telefones, endereços e informações sobre Dieta Do Mediterrâneo em Cuiabá e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Dieta Do Mediterrâneo.

Elianne Maria Ferreira Curvo
Av. Isaac Póvoas 546
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Endocrinologia

Dados Divulgados por
Vanda Parreira Araujo e Silva
(65) 3321-9736
Av das Flores 951
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Endocrinologia

Dados Divulgados por
Augusto Bueno de Azevedo Neto
Av Felinto Muller 1211
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Endocrinologia

Dados Divulgados por
Eliane Solange de Souza Pires
(65) 3617-1688
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Center Med
(65) 3023-6666
r Gago Coutinho, 359
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Najla Maria Souza Franco
(65) 3023-1616
Rua das Dálias 317 - 1º Andar
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Endocrinologia

Dados Divulgados por
Lucrecia Maria de Melo
(65) 3321-9074
R. Coronel Thogo da Silva Pereiranr. 311
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Endocrinologia

Dados Divulgados por
Naíra Domingos Sé
(65) 3322-2504
Rua Rua dos Líriosº 525
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Antônio M Silva
(65) 3321-4451
r Joaquim Murtinho, 940 Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Center Clin
(65) 3321-5658
r Br de Melgaço, 2403
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Dieta do Mediterrâneo: Ajuda a prevenir o diabetes e o controle da pressão arterial

Imagem: (Foto Divulgação)Pessoas que acompanham a dieta do Mediterrâneo elevam sua perspectiva de vida – sua chance de estender o tempo de vida amplia até 20%, de acordo com uma pesquisa realizada pela Academia Sahlgrenska, da Universidade de Gotemburgo, na Suécia.É uma dieta fundamentada em peixes, vegetais, castanhas e frutas. Possui ainda reduzida ingestão de produtos animais, como: carnes brancas e vermelhas, além de laticínios. Uma pesquisa realizada na década de 50 já havia apontado que essa dieta leva a um melhor bem-estar.Na pesquisa atual, os suecos analisaram os efeitos da dieta em pessoas idosas no país. Eles utilizaram dados chamados de H70 para poder comparar idosos acima de 70 anos que acompanhavam e que não acompanhava a dieta. Os resultados do estudo indicavam que aqueles que seguiam a dieta tinham 20% a mais de chances de viverem mais anos.Evidências científicasAs decorrências possuem a ajuda de outras três não divulgadas: uma feito em pessoas da Dinamarca, a segunda no norte da Suécia e o terceiro em crianças. “A conclusão que podemos tirar desses estudos é que não existe dúvida de que a dieta do Mediterrâneo está relacionada a uma saúde melhor, não apenas para os idosos, mas também para os jovens”, diz Gianluca Tognon, cientista da Academia.