Doença De Alzheimer Arapongas, Paraná

Doença De Alzheimer em Arapongas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Doença De Alzheimer em Arapongas e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Doença De Alzheimer.

Lurdes Aparecida Ferdinanda
(43) 3275-3662
Rua Marabu 671
Arapongas, Paraná
 
Gutemberg Henrique Costa
(43) 3055-2580
Rua Hárpia 629
Arapongas, Paraná
 
Lea Rene Broch Duarte
(43) 3256-2783
Rua Estilac Leal 286 s 4
Rolândia, Paraná
 
Clínica de Psicologia Maria Ap. Honorato
(43) 3423-4631
Rua Osório Ribas de Paula 794 s 8
Apucarana, Paraná
 
Fernando Campos Ferreira
(43) 3254-4609
Avenida Brasil 528
Cambé, Paraná
 
Patrícia Hirata
(43) 3252-0939
Rua Tucanos 869
Arapongas, Paraná
 
Elisabete Borges
(43) 3152-2310
Rua Saí 33
Arapongas, Paraná
 
Débora Menegazzo
(43) 3422-2560
Rua Doutor Nagib Daher 576
Apucarana, Paraná
 
Clínica de Hipnose e Regressão Valderez Penna Rank
(43) 3033-3287
Avenida Curitiba 1433 s 207
Apucarana, Paraná
 
Gláucia Penasso
(43) 3254-4039
Rua Pará 905
Cambé, Paraná
 

Entenda a Doença de Alzheimer

Uma das doenças que mais tem afetado as pessoas em questão de perda de memória é o mal de Alzheimer, esse problema possui fases e pode infelizmente causar dificuldades aqueles que são atingidos por ela.Algumas das dificuldades podem ser na locomoção na agressividade e na fala. Essas situações são os sintomas mais comuns dessa doença, por causa da degeneração do cérebro, que afeta cerca de cinco idosos a cada cem com a idade acima de setenta anos. Porém, as mulheres acabam sendo mais afetadas, isso se deve ao fato de viverem mais, mas isso não é comprovado científico. Como a doença mal de Alzheimer se desenvolve? No período de envelhecimento do organismo como um todo, o mesmo produz as proteínas tau e beta-amilóide que vão se concentrando e danificando os neurônios em suas funções, destruindo-os. Essas substâncias se alojam de maneira rápida e descontrolada. De acordo com os estudos feitos atualmente, a doença pode ser considerada também hereditária. Quando a doença atinge a pessoa, pode às vezes ser confundida com depressão, ou outros tipos demências, que possuem sintomas característicos como os do mal deAlzheimer. Para detectar o problema o diagnóstico é feito através de eliminações em comparação com as outras doenças semelhantes. Essa doença, apesar do grande empenho, ainda não apresenta cura total, apenas tratamentos, mas a doença vai evoluindo conforme o passar do tempo, afetando a todos que estão em volta da pessoa que tem o problema.Quem possui a doença, acaba passando por três etapas, que são identificadas como leve, moderada e grave. O hipocampo, parte do cérebro, é o primeiro local afetado, por isso ocorre à perda da memória. Essa perda deixa todos em dificuldades, pois a pessoa passa a esquecer-se de coisas acontecidas recentemente, e até dos familiares e amigos. Mas no inicio, são apenas lapsos de memórias, depois a doença vai progredindo. E assim, as pessoas, vão tendo sintomas como inquietação, agressividade, e não consegue mais ter praticidade em se arrumar com as roupas e sapatos, e até mesmo se alimentar.Quando fica mais avançada, a doença traz transtornos na fala e na locomoção, passa a não mais reconhecer as pessoas de seu convívio, e fica em total responsabilidade dos familiares e amigos. Quando a manifestação do mal de Alzheimer surgi, pode se manter em evolução lenta, levando até dez anos, porém, alguns pacientes são afetados com mais rapidez no seu desenvolvimento levando apenas dois anos, sendo grave essa situação. Assim que a doença é detectada, deve ser iniciado o tratamento com rapidez, são usados medicações especificas para diminuir o processo do mal de Alzheimer. A família, exerce papel fundamental, pois o paciente necessita também de muitos cuidados e atenção, para melhorar e não agravar mais quadro.O mal de Alzheimer, é uma doença que não há no momento como prevenir, mas,existem modos de o cérebro ativo, o que evita que os sintomas afetem de maneira profunda. Para isso acontecer, a pessoa que já possui uma determinada idade avançada, já pode começar a fazer jogos de cruzadinhas, caça-palavras, sudoku, dama, xadrez, e outros que despertem a mente para trabalhar. Na alimentação, a pessoa pode favorecer a saúde do cérebro por colocar nas o ômega- 3, encontrado em peixes, azeite de oliva, nozes, brócolis e uva. Seguindo essas dicas, você poderá identificar e buscar tratamento médico, o que certamente indicará o melhor para você ou familiar afetado pelo mal de Alzheimer, e ter uma vida gratificante