Dores De Esporão Teresina, Piauí

Dores De Esporão em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Dores De Esporão em Teresina e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Dores De Esporão.

Aurora Moura de Brito
(86) 3221-5408
R Gabriel Ferreira 574 - S S 02
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Thereza Christina Pereira Leal
(86) 3223-6664
R Alvaro Mendes 2268 - Sala 106
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Nunes Martins
(86) 3223-5492
R Desembargador Pires de Castro 765 - S
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Nilda Mendes de A Trindade
(86) 3222-4267
R Paissandu 2110
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Teresa Sousa M Rezende
(86) 3221-4805
R Vinte e Quatro de Janeiro 294 - N
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria das Gracas Motta e Bona
(86) 3222-9024
R Desembargador Pires de Castro 380 - Sul S 505
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria de Lourdes de F Veras
(86) 3221-0190
R Olavo Bilac 1610
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Inocencia Ferreira Melo
Av Tomaz Rebelo 462
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Francisco Luis Lima
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valdeci Ribeiro de Carvalho
(86) 3221-8742
R Coelho de Resende 352 - Sul
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Dores de esporão: como aliviar

Dores de esporão: como aliviar (Foto: Divulgação)O esporão de calcanhar, também chamado de esporão calcâneo, é uma projeção óssea que acaba ocorrendo na zona plantar do calcâneo – próximo ao calcanhar. Apesar da dor sentida ao correr e caminhar, não é possível visualizar nenhuma alteração externa no calcanhar, sendo que o problema só pode ser detectado após uma consulta com um ortopedista e realização de raio-X.Cerca de 10% da população mundial pode apresentar a doença, que é muito comum, sendo que grande parte dessas pessoas nem chegam a descobrir que possuem o esporão do calcâneo por não sentirem nenhuma manifestação de dor ou incômodo, enquanto outros sentem uma forte dor na área plantar interna do calcanhar, graças a um acúmulo de líquidos embaixo do esporão que acaba inflamando o local.Imagem Radiológica do Esporão do Calcâneo (Foto: Divulgação)Geralmente o esporão de calcanhar surge nas pessoas que praticam esporte constantemente, principalmente os que possuem constante impacto como é caso do vôlei, corredores, e saltadores, além dos idosos. Esta doença é decorrente da sobrecarga do local e pode se tornar um sério problema caso não seja cuidada.Atualmente, existem tratamentos bem eficazes contra o esporão, sendo que o processo cirúrgico para remoção da doença não é recomendada por ser muito complicada e arriscada, podendo ocasionar na ruptura do tendão.Palmilhas ajudam a aliviar a dor do esporão (Foto: Divulgação)Para aqueles que não sentem dor, não é necessário se preocupar, uma vez que, o esporão só necessita de tratamento quando provoca dor, ou seja, quando o local possui acúmulos de líquidos e inflama. O tratamento inicial geralmente pede a utilização de calçados apropriados, além de ligadura de compressão e anti-inflamatórios locais, que são injetados na zona afetada. Usar palmilhas também pode ajudar a estabilizar o calcanhar, diminuindo a dor. No caso de alteração biomecânica do pé ou da marcha – que podem ser detectados por um Podologista – é necessário a aplicação de uma palmilha personalizada que seja adaptada as condições do seu esporão.A recuperação depende muito da causa da dor no calcanhar, além do estado de saúde de cada pessoa e dos cuidados ao longo do tratamento. Mas seguindo todas as especificações médicas é possível ficar livre da dor ao caminhar depois de seis a oito semanas de tratamento e para não voltar a sofrer com o esporão de calcanhar é só usar calçados confortáveis, que se adaptam ao seu pé e com amortecedores, além de realizar exercícios de aquecimento antes de submeter o pé a grandes impactos como uma caminhada ou corrida.