Edema Cerebral Teresina, Piauí

Edema Cerebral em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Edema Cerebral em Teresina e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Edema Cerebral.

Nilda Mendes de A Trindade
(86) 3222-4267
R Paissandu 2110
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Roger Aragon de Moraes Marinho
(86) 3221-2723
R Elizeu Martins 1294 - Sala 201
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Felix Pereira da Silva
223-2346
R Olavo Bilac 1520 - Sl 107
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Inocencia Ferreira Melo
Av Tomaz Rebelo 462
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valdeci Ribeiro de Carvalho
(86) 3221-8742
R Coelho de Resende 352 - Sul
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria de Lourdes de F Veras
(86) 3221-0190
R Olavo Bilac 1610
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose de Ribamar Tourinho
(86) 3232-4945
Av Miguel Sady 209
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio de Barros Araujo Filho
(86) 3215-6828
Av Leonidas Melo 370
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Raimundo Pereira Torres
(86) 3223-7811
R Magalhaes Filho 768 - Sul
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ceciane Alves Nery
(86) 4009-1110
R Coelho de Resende 1276
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

O que é edema cerebral

Quanto mais cedo o diagnóstico e tratamento, melhor o prognóstico.O edema cerebral é resultado do aumento de líquidos no meio intra e extracelular, ou seja, dentro e por entre as células que compõem o sistema nervoso central. O problema pode surgir em uma região delimitada ou pode ocorrer em todo cérebro, o diagnóstico e tratamento precoce são fundamentais para diminuir o risco de sequelas, melhorando o prognóstico.Principais causas do problemaA principal causa desse mal são os tumores, acidente vascular cerebral, traumatismo craniano com ruptura de vasos, diminuição da concentração sanguínea de sódio, isquemia (diminuição da oferta de sangue), abcessos, meningite, encefalite, hipóxia (diminuição da oferta de oxigênio) e problemas relacionados à locais de grande altitude (edema cerebral de altitude).Os diferentes tipos de edemaExistem quatro diferentes tipos de edema cerebral:CitotóxicoÉ quando o líquido que está presente entre as células passa a invadir as mesmas. Ocorre devido uma alteração metabólica, com consequente retenção de sódio e água. É um quadro bastante frequente em situações de hipotermia severa (temperatura corporal menor que 34°), intoxicação por medicamentos e também pode ser observado no início de isquemia cerebral, infarto agudo do miocárdio e alguns tumores. É o tipo menos comum.VasogênicoOcorre quando o líquido presente dentro dos vasos migra para o espaço intercelular, como uma consequência do aumento da permeabilidade vascular. Pode acompanhar situações de traumatismo, acidente vascular cerebral, hematomas, situações tardias de isquemias cerebral, tumores, inflamações e também devido a encefalopatia hipertensiva. É o mais comum.IntersticialHá passagem do líquido cefalorraquidiano para o espaço entre as células nervosas. Esse tipo de edema acontece devido uma falha na regulação do líquor, um líquido pobre em proteínas. Ocorre na hidrocefalia.HiperêmicoÉ o resultado do aumento da quantidade de sangue, que acaba se concentrando em certos locais, ou como resultado da diminuição do retorno venoso. Pode ser encontrado antes de um quadro isquêmico ou inflamatório.O traumatismo craniano devido a acidente automobilístico é uma das principais causas de edema cerebral.Quadro clínicoQualquer tipo de edema resulta no aumento da pressão intracraniana, surgindo sintomas como cefaleia em holocraniana, vômitos em jato (não precedidos por náuseas), edema pupilar (como resultado do aumento da pressão nas mediações do nervo óptico), confusão mental, coma, crises convulsivas, diminuição ou perda da força muscular.TratamentoO tratamento exige um profissional experiente o assunto e que saiba avaliar bem a situação. O uso de medicação como os diuréticos, pode ajudar a diminuir a quantidade de líquidos no organismo, diminuindo o edema.Esse problema é grave e, quanto mais cedo as primeiras medidas forem tomadas, melhor será o prognóstico. Vale lembrar que o edema cerebral também pode ser consequência de outra doença, em algumas situações, e de nada adianta administrar remédios que visam controlar apenas o inchaço, sem que o problema de base seja resolvido.O edema cerebral ganhou repercussão nacional após acidente do cantor Pedro.