Embolia Pulmonar Brasília, DF

Embolia Pulmonar em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Embolia Pulmonar em Brasília e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Embolia Pulmonar.

Fernando Renato M de S P Leme
(32) 456-2670
Clínica Médica Gastroenterologia
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carmem Silvia Vettorazzo Stocco
Shls 716 - Cent.Clinico Sul Torre Ii Sala 212
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Eliana Lima Bicudo dos Santos
Seps 710 - /910Sala 536Centro Clinico Via Brasil Centro Clinico Via Brasil
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marcelo de Faveri
(61) 3442-8134
Sep/S 710/910 Centro Clínico Via Brasil 534
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Eduardo Flávio Oliveira Ribeiro
(61) 3245-7505
Shls 716 Centro Clínico Torre 2 304
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Cesar D Andrada Sobrinho
Sds Bl. Pº 36 - Ed. Venancio Iii Sala 401
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Einstein Francisco de Camargos
(61) 3349-2827
Stn Lote M Centro Clínico Vital Brazil 327 - Sala 327
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aristein Tai Shyn Woo
(61) 3347-0213
Shln Conj.B Bloco 02 00 - Próximo ao Santa Helena
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dr.Valter Caetano
396-2440
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ihsan Youssef Simaan
(61) 3445-1166
Seps 715/915 Sul Edificio Pacini Conjunto a Bolco B Sala 208 208 - Setor Ho
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Embolia pulmonar – sintomas, cuidados

A embolia pulmonar, também denominada tromboembolismo pulmonar (TEP) é um problema de saúde que ocorre quando há um bloqueio da artéria pulmonar por um trombo sanguíneo. Ou seja, o sangue que está correndo nas veias sofre alguma alteração que o leva a coagular, dessa forma surge o trombo, que se torna êmbolo ao começar a correr pelos vasos sanguíneos. Como o calibre de artérias pulmonares que se ramificam para o pulmão vai diminuindo conforme entra no parênquima pulmonar, esse êmbolo acaba não passando pelos vasos de menor calibre e obstruindo o fluxo, deixando de passar sangue para aquela região do pulmão.Devido a essa obstrução de sangue para o pulmão, ocorre um aumento da resistência a circulação do sangue e diminuição da área de funcionamento normal do pulmão. Dessa forma, o coração fica sobrecarregado e, a diminuição da área de trocas gasosas leva a menor oxigenação do sangue, que pode ser percebido pela baixa saturação.Sinais e sintomasO que se sente no momento em que ocorre a obstrução da artéria é uma enorme dificuldade de respirar, dor no peito, palpitações cardíacas, respiração rápida (taquipnéia) e frequência cardíaca aumentada. Nos casos graves, ocorre colapso circulatório, instabilidade da corrente sanguínea e morte imediata. Aproximadamente 15% dos casos de morte súbita são devido ao embolismo pulmonar.Dependendo do grau de prejuízo causado pela doença, pode ocorrer chiado no peito, tosse, cianose, falta de ar, dilatação das veias do pescoço, aumento do tamanho do fígado e inchaço nos membros inferiores (pernas).Fatores de riscoPessoas restritas ao leito devido a imobilidade;Repouso por tempo prolongado;AnestesiaInsuficiência cardíaca;Trombose venosa prévia;Gestação;Imobilização de membros por meio de gesso ou talas;Politraumatismo;Fraturas de ossos;Cirurgia de grande porte;Insuficiência cardíaca congestiva;Queimaduras;Infarto do miocárdio;Acidente vascular cerebral;Doenças hematológicas;Problemas de coagulação sanguínea.DiagnósticoO diagnóstico é baseado nos sinais e sintomas, juntamente com exames laboratoriais e de imagem (como a angiografia pulmonar).TratamentoO tratamento é realizado com medicações que causam a anticoagulação do sangue, para impedir que novos êmbolos sejam formados. Para isso são utilizados os anticoagulantes como heparina e varfarina.Nos casos muito graves pode ser necessário efetuar a trombólise, que é a quebra do êmbolo que está obstruindo a artéria. É muito utilizado o ativador do plasminogênio tecidual (APt). Outra opção é a cirurgia de trombectomia pulmonar, para a retirada do êmbolo.