Estrias Na Gravidez Teresina, Piauí

Estrias Na Gravidez em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Estrias Na Gravidez em Teresina e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Estrias Na Gravidez.

Antônio de Pádua Marques da Fonseca
(86) 3221-7414
Rua Eliseu Martins 1482
Teresina, Piauí
 
Nayra & Cia
(86) 3222-7898
Rua São Pedro 2071 s 105
Teresina, Piauí
 
Nara Zoé Furtado Gomes
(86) 3221-2016
Rua Félix Pacheco 1219
Teresina, Piauí
 
Clínica Ginecologia e Cirurgia Plástica
(86) 3230-1059
Avenida Raul Lopes
Teresina, Piauí
 
Maria P Socorro Aragao Rocha
R Felix Pacheco 1635
Teresina, Piauí
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dermaclinica
(86) 3222-5485
Rua Rio Grande do Sul 219
Teresina, Piauí
 
Clínica de Cirurgia e Dermatologia
(86) 3230-2009
Rua Desembargador Pires de Castro 87
Teresina, Piauí
 
Maria Cristina Paraíso C M Souza
(86) 3221-9553
Rua São Pedro 2700
Teresina, Piauí
 
Elizane Viana Eduardo Pereira
R Felix Pacheco 1635
Teresina, Piauí
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Sheila Maria Reinaldo Alencar
(86) 3222-1601
R Desembargador Pires de Castro 221
Teresina, Piauí
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como Evitar Estrias na Gravidez

Sabe aquele ditado: é melhor prevenir do que remediar? Para as estrias, o ditado não apenas se aplica, como é a única saída. É que tratar a estria, depois que ela se formou, é caro e incômodo. As estrias são lesões cutâneas que parecem “riscas” na pele e podem ter mais de um centímetro. Elas aparecem quando há ruptura das fibras da pele e são ocasionadas por distensão exagerada, ou devido a alterações hormonais, ou ainda por predisposição genética.Durante a gravidez não se pode impedir que a barriga cresça e que a pele estique. Também não dá para controlar as alterações hormonais. As estrias costumam aparecer à medida em que se ganha peso, na segunda metade da gravidez.As estrias afetam 50-90% das gestantes .A maioria das mulheres desenvolve estrias já na primeira gravidez, ainda que também haja algumas que não desenvolvam estrias antes de gravidezes posteriores.A causa das estrias da gravidez (estrias por distensão) não é conhecida com exatidão, porém esta é relacionada com mudanças na força e elasticidade das fibras elásticas e de colágeno da pele. As estrias por distensão são associadas ao estiramento excessivo da pele, com aumento da tensão da mesma.O jeito é prevenir e caprichar na hidratação. Usar cremes específicos para estrias o quanto antes é uma ação preventiva eficaz. Os cremes são capazes de agir na derme e prevenir a ruptura das fibras de colágeno.O cigarro fica proibido duplamente: pelo bebê e para que a oxigenação na pele se mantenha.Se não dá para controlar o quanto a pele vai esticar, dá para saber que quanto mais se comer, maior a barriga ficará. O que não é bom nem para o bebê, nem para a mamãe e favorece o aparecimento de estrias. Engordar muito e em pouco espaço de tempo é ainda pior, porque faz com a pele estique de repente. Isso é estria na certa. Também deve-se cuidar da qualidade do que se come. Evitar frituras, café e tomar muito líquido são atitudes que favorecemO creme a ser utilizado deve ser seguro para o bebê. O médico pode indicar a melhor opção. Outra maneira de evitar as temíveis “listrinhas” é aliar à hidratação e o controle da dieta, a prática de exercícios. Evitar refrigerante, frituras e doces, também auxiliam o processo.A genética determina características importantes como a resistência e a flexibilidade da pele, e isto pode explicar porque algumas mulheres não são afetadas.Em mulheres na primeira gestação, há aparentemente três fatores de risco para o desenvolvimento de estrias severas: ser adolescente (pois tem peles mais frágeis e mais propensas à ruptura), grande aumento de peso (>15 kg) e peso elevado do recém-nascido.As estrias da gravidez, que tipicamente se apresentam em mulheres jovens saudáveis, frequentemente causam baixa auto-estima. Ainda que não signifiquem um risco à saúde, elas podem ter um alto impacto psicológico na mulher e ocasionar a busca por tratamentos dolorosos e caros, na maior parte das vezes sem resultados.Por isso prevenir é o melhor remédio. Faça exercícios, alimente-se bem, hidrate-se por dentro e por fora e viva este momento como ele merece: com prazer e a certeza de que é um momento mágico.