Gastrite Teresina, Piauí

Gastrite em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Gastrite em Teresina e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Gastrite.

Maria de Lourdes de F Veras
(86) 3221-0190
R Olavo Bilac 1610
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio de Barros Araujo Filho
(86) 3215-6828
Av Leonidas Melo 370
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Luiz Antonio de Carvalho
Av Raul Lopes 1000 - L Teresina Shopping
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aurora Moura de Brito
(86) 3221-5408
R Gabriel Ferreira 574 - S S 02
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Felix Pereira da Silva
223-2346
R Olavo Bilac 1520 - Sl 107
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose de Ribamar Tourinho
(86) 3232-4945
Av Miguel Sady 209
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ceciane Alves Nery
(86) 4009-1110
R Coelho de Resende 1276
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Roger Aragon de Moraes Marinho
(86) 3221-2723
R Elizeu Martins 1294 - Sala 201
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Manoel Chaves Filho
(86) 3223-5600
R Felix Pacheco 1870
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Inocencia Ferreira Melo
Av Tomaz Rebelo 462
Teresina, Piauí
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Alimentos que previnem Gastrite

A gastrite é a inflamação da mucosa estomacal. A gastrite aguda pode ser causada por anti-inflamatórios ou outros medicamentos, alimentos contaminados por germes, pelo estresse, por queimaduras extensas no corpo ou em pacientes com infecção generalizada. Quando a mucosa do estômago encontra-se muito inflamada, pode ocorrer a hemorragia digestiva superior aguda, que faz com que o vômito e as fezes do paciente saiam com sangue.Por outro lado, existe a gastrite crônica, que é causada pela bactéria Helicobacter pylori, que diminui as células da mucosa do estômago e reduzem a produção do ácido gástrico, muito importante para fazer a esterilização e a digestão dos alimentos ingeridos. Algumas vezes, a gastrite crônica pode ser consequência da bile descarregada pelo fígado no início do intestino delgado, que reflui para o estômago. Esse tipo de inflamação estomacal pode surgir devido a um dos fatores citados isolados ou de uma combinação entre eles.Grande parte dos casos de gastrite crônica não manifesta sintomas, mas nos de aguda, o paciente pode sentir queimação e dor no abdômen, perda de apetite, azia, sangramento digestivo, náuseas, vômitos, fraqueza, diarréias, irritação nos cantos dos lábios e ardência na língua.Portanto, antes de ter que se curar de uma gastrite, o melhor é prevenir o seu aparecimento, evitando hábitos que provoquem a inflamação estomacal. Então, evite bebidas alcoólicas, cigarro e analgésicos ou anti-inflamatórios, pois esses são os componentes principais para o surgimento de uma gastrite. Além do mais, não coma com pressa, pois o estômago não tem tempo de diluir toda a alimentação ingerida, o que provoca a gastrite.Há também alguns alimentos que previnem a gastrite. São eles o leite e seus derivados por serem básicos, carnes magras, verduras, legumes cozidos, pães brancos, bolachas de maisena, bolachas de água e sal, arroz, macarrão, mandioca, batata, mandioquinha e frutas, exceto as ácidas como o abacaxi, o melão, a laranja, o limão, o morango, a acerola e o kiwi.Entretanto, há aqueles alimentos que devem ser evitados por todas as pessoas que pretendem nunca desenvolver uma gastrite ou por aquelas que já a desenvolveram e não querem que ela cause mais malefícios à saúde. São eles as frituras, os alimentos gordurosos, as frutas ácidas, os temperos, os cocos, as nozes, as castanhas-de-caju, as castanhas-do-pará, os amendoins, os embutidos, os alimentos enlatados e em conserva, o feijão, o café, os chocolates, o chá preto, o chá mate e as bebidas gasosas como refrigerantes.Então, é preciso ter uma alimentação saudável para não correr o risco de desenvolver uma gastrite que pode, se não for bem tratada, vir a se tornar uma úlcera estomacal. O ideal e manter uma alimentação balanceada, sempre regada a muita verdura, legumes e frutas. Infelizmente, os alimentos fortes, que são saborosos, têm que ser evitados para manter o estômago com saúde.No entanto, nada impede que, de vez em quando, refeições mais gordurosas sejam feitas, contanto que isso não se torne um hábito diário. Em encontros com a família ou com os amigos, tudo é permitido, porém, sem exageros.Esse tipo de alimentação não evita apenas a gastrite como também quase todas as doenças, que estão geralmente relacionadas aos hábitos nutricionais. Por isso, siga essa dieta e mantenha um corpo sempre saudável.