Hepatite B Brasília, DF

Hepatite B em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Hepatite B em Brasília e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Hepatite B.

Carlos Damião Amorim Rebelo de Amorim
Shls 716 - Consultorio 07 Hospital Santa Lúcia
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ihsan Youssef Simaan
(61) 3445-1166
Seps 715/915 Sul Edificio Pacini Conjunto a Bolco B Sala 208 208 - Setor Ho
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Einstein Francisco de Camargos
(61) 3349-2827
Stn Lote M Centro Clínico Vital Brazil 327 - Sala 327
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dr.Valter Caetano
396-2440
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Eduardo Calixto Saliba
(34) 439-0800
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Cesar D Andrada Sobrinho
Sds Bl. Pº 36 - Ed. Venancio Iii Sala 401
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Alexandre Lima Rodrigues da Cunha
(61) 3345-5505
Shls 716 Centro Clinico Sul Torre Ii Sala 420
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Americo Rozzante de Castro
(61) 3346-7771
Shis 716Conj. L Torre Ii S/102 000 - Centro Clinico Sul
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aristein Tai Shyn Woo
(61) 3347-0213
Shln Conj.B Bloco 02 00 - Próximo ao Santa Helena
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Manoel Sardse Barros Beleza
324-5434
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hepatite B – causas, tratamento

A hepatite B é uma doença séria e que necessita de tratamento imediato. Confira neste post as causas, sintomas e tratamento para o problema.Hepatite B (Foto: Divulgação)Hepatite B O principal responsável pela doença é o HBV, um vírus DNA da família Hepdnaviridae, o contágio resulta na inflamação das células hepáticas do portador. Outros fatores que podem levar a ter a doença, são medicamentos e consumo abusivo de bebidas alcóolicas.E também, o contato com sangue ou secreções, seringas compartilhadas, relações sexuais sem camisinha, são as maneiras mais comuns, para que haja o transporte do vírus resultando na doença. Mulheres contaminadas podem contaminar seus bebês na hora do parto.SintomasFalta de apetite, mal estar, falta de ar, gosto amargo na boca, dores no corpo e febre são os sintomas iniciais que acabam por desencadear a icterícia ou pele amarelada, urina escura, fezes claras, sangramento no estômago ou esôfago, vermelhidão na palma das mãos e muita coceira no corpo. O período de encubação, ou seja, tempo em que o vírus se manifesta é de 90 a 180 dias. Sendo assim, em 99% dos casos, após seis semanas está imune.Existem casos de pessoas que desenvolvem a hepatite B crônica, que é mais comum entre pessoas que abusam das bebidas alcóolicas, crianças, bebês e aqueles com sistema imunológico comprometido. Fato importante, é que os sintomas da hepatite B crônica, são muito mais amenos, mesmo o vírus atacando severamente o fígado.Se não tratada, a Hepatite B pode transformar-se em cirrose, falência do fígado ou câncer, levando a morte.Gamaglobulina hiperimune-anticorpo específico contra a hepatite B (Foto: Divulgação)Diagnóstico e TratamentoUm relatório deve ser feito pelo médico, contando exatamente tudo o que sente, e desde quando os sintomas começaram a aparecer. Ele também deve examinar os olhos, pele e abdômen. Por meio de coleta de sangue ou biópsia do fígado é feito o diagnóstico da doença.Não há maneira de combater o vírus após o contágio, na verdade, medicamentos são utilizados para amenizar os sintomas, e fica proibida a ingestão de remédios sem prescrição médica. Para aqueles que desenvolveram a versão crônica da doença o cuidado é para que o quadro não evolua.PrevençãoA melhor maneira de evitar o contágio, é usando preservativo, não utilizando a mesma agulha, equipamentos não esterilizados em sessões de tatuagem ou seja qual for o procedimento, e vacinar os bebês também é importante.As crianças devem estar com a vacina em dia (Foto: Divulgação)Se os cuidados não forem tomados, e a pessoa for exposta a situações de risco, é preciso vacinar-se com gamaglobulina hiperimune (anticorpo específico contra a hepatite B) o mais rápido possível.