Herpes Zoster Cuiabá, Mato Grosso

Herpes Zoster em Cuiabá. Encontre telefones, endereços e informações sobre Herpes Zoster em Cuiabá e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Herpes Zoster.

Maria Cristina de Carvalho
R.Arnaldo Matos 125 - Ed Mont Clair Ap 302
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Najla Maria Souza Franco
(65) 3023-1616
Rua das Dálias 317 - 1º Andar
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Lucas Bello
Av Rub. de Mendonca 898 - Amecor
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Orlando Cerci Filho
(65) 3641-2022
Rua Pernambuco 241
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Nilson G. Bento
Av. Rubens de Mendonçabl. H Apt. 604 - 260 Residencial Tropical Privê
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marco Aurelio Silva Ribeiro
(65) 3642-3570
Rua Bosque da Saude 208
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Danilo Zanirato
(65) 3641-2022
Clínica Médica Ginecologia e Obstetrícia
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Luiz Carlos Dias Machado
(65) 3622-4126
Avenida Avenida Isaac Póvoas 586 - Sala 02 Ed.Wall Street
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Femina Prestadora de Servicos Medicos Hospitalares
Rua Corumba 538
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carlos Fernando G. Garcia
(65) 3052-3002
Rua Adel Maluf 119
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Herpes Zoster também pode afetar crianças

O que é o Herpes ZosterO Herpes Zoster vem da reativação do vírus da Varicela. Primeiramente, a pessoa se infecta com o vírus e desenvolve a varicela, ou seja, catapora. Surgem os sinais e sintomas característicos, que são cansaço, mal estar, dor de cabeça, aparecimento de lesões avermelhadas na pele, febre, coceira nas lesões, evoluindo, posteriormente, para a cura. Essa doença é muito frequente em crianças, sendo que pode ser muito mais complicada quando ocorre em adultos.Após anos da primeira infecção, o vírus ainda permanece no organismo e pode se reativar, causando novos sinais e sintomas. Porém, quando isso ocorre, os sinais e sintomas são locais, diferente da primeira apresentação da varicela.Nesse segundo momento é comum apresentar febre, dor de cabeça, mal estar, dor local intensa, formigamento, calor na região afetada, queimação e aparecimento de pequenas bolhas vermelhas. Esses sinais se localizam em uma linha do corpo, que corresponde a uma raiz nervosa. O vírus tem avidez por nervos, e, por isso, segue as raízes nervosas, formando uma linha de bolhas avermelhadas no corpo, característica da doença. O local mais acometido é o tórax.Geralmente ataca os nervos que ficam entre as costelas, em direção horizontal, e o nervo trigêmeo da face, a partir da orelha. Os sintomas podem durar de quatro a seis semanas, mas a dor permanece por muito tempo, meses ou até anos.A infecção na criançaO Herpes Zoster é mais comum nos adultos. Acometendo pessoas com a imunidade baixa, como portadores de HIV ou tumores. Porém, crianças também podem apresentar essa manifestação viral. Quando isso ocorre é importante investigar a causa, que pode ser, também, baixa imunidade.DiagnósticoPara fazer o diagnóstico, o médico leva em conta, principalmente, o quadro clínico epidemiológico. Laboratorialmente o vírus pode ser isolado das lesões vesiculares durante os primeiros 3 a 4 dias de aparecimento da erupção.TratamentoNão existe um tratamento imediato para esse tipo de Herpes. Os medicamentos são dirigidos para a diminuição da etapa aguda que normalmente dura uma semana. Para isso, é usado xarope ou comprimidos que têm capacidade de diminuir notavelmente a duração dos sintomas.Porém, é importante lembrar que se não excluir a causa, que normalmente é a baixa imunidade, a doença pode se manifestar repetidas vezes ao longo de toda a vida do indivíduo.Existem cremes antivirais, mas eles não são efetivos contra a doença. Em alguns casos pode ser necessário o uso de antibióticos, quando a risco de outras infecções.