Intolerância À Lactose Almirante Tamandaré, Paraná

Intolerância À Lactose em Almirante Tamandaré. Encontre telefones, endereços e informações sobre Intolerância À Lactose em Almirante Tamandaré e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Intolerância À Lactose.

Aramis Renato Budal Guimaraes
(95) 3132-2245
R Martin Afonso 705
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Grau Clinicenter Pinheirinho
413-0168
R Amintas de Barros 990
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Lucas Darci Segatti
(41) 9228-9178
Av. Iguacu 820
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Cristina Hsin Wei Hsu Cleto
(41) 3035-5321
Rua Mendes Leitao 282
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Cristina Singer Wallbach
(41) 3283-1154
Rua Dr. Marcelinoogueira 215 - 5ºAndar Sala 23
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ivan Jose Paredes Bartolomei
(41) 3077-4792
Rua da Paz 195 - Sala 1B
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
José Marcos
(41) 3345-4477
Rua Guararapes 2208 - Casa
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aracy de Cassia Pucu Costa Pinheiro
(41) 3013-4976
Av Republica Argentina 452 - Sala 1002/1003
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Benjamin Nogueira Campos Neto
(41) 3283-3044
Rua Alcidio Viana 837 - Edificio Galeno
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Irilea Cristina S. Settim
382-2153
R. Joao Angelo Cordeiro 770 - Sala 02
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Intolerância à lactose: principais sintomas

A lactose é o açúcar contido no leiteTomar um iogurte ou um copo de leite pela manhã e saborear um delicioso sorvete na sobremesa, após o almoço e o jantar, são situação bastante corriqueiras e normais para a maioria das pessoas. Mas para quem sofre de intolerância à lactose, a ingestão de qualquer um destes alimentos pode causar fortes diarreias, que costumam aparecer alguns minutos depois da refeição.Quando ingerimos leite ou um dos seus derivados, entra em ação uma enzima chamada lactase, que é a responsável pela digestão do açúcar do leite, também conhecido como lactose, facilitando a sua absorção pelo organismo. Porém, em algumas pessoas, a capacidade de produção desta enzima é menor ou até mesmo nula.Nesses casos, a lactose chega ao intestino grosso sem ser absorvida, fazendo com que algumas bactérias entrem em ação para fermentar o açúcar, situação que leva ao aparecimento de sintomas similares a uma indigestão, causando incômodos na região abdominal.Nos recém-nascidos, a intolerância à lactose pode ser um grande problema, já que eles sequer podem ser amamentados. O leite humano é o mais rico em lactose, contendo aproximadamente 7 gramas de lactose a cada 100 ml, enquanto o leite de vaca tem uma média de 5 gramas de lactose por 100 ml.Principais sintomasDiarreia, gases, náuseas e dores abdominais estão entre os sintomasOs sintomas mais comuns da intolerância à lactose são a diarreia, produção de gases em grandes quantidades, sensação de barriga inchada, dor abdominal, cólicas, cãibras e assadura. Porém, cabe ressaltar que a intensidade dos sintomas varia conforme o nível de intolerância e a quantidade de lactose ingerida.Se o nível de deficiência da lactose for baixo, é até possível ingerir um ou dois copos de leite ao dia, por exemplo, sem que apareça algum dos sintomas citados, desde que a ingestão aconteça em grandes intervalos e não seja feita todos os dias.TratamentosLaticínios com baixo teor de lactose podem ser usados no tratamentoAntes de falar dos tratamentos para esta patologia, é preciso comentar sobre o diagnóstico. Uma forma simples de saber se você é intolerante à lactose, o que não elimina uma visita ao médico, é suspender o consumo de leite e de alimentos derivados dele por um tempo e notar se os sintomas desaparecem. Em caso positivo, pode ser que você tenha o problema.Além disso, há exames clínicos que podem identificar a doença, como o teste oral e a análise de hidrogênio na respiração.Feito o diagnóstico, o tratamento consiste basicamente na readequação dos hábitos alimentares, já que a suspensão total da ingestão de leite e seus derivados é prejudicial à saúde. Algumas opções são o consumo de leite com baixo teor de lactose ou mesmo sem lactose, e o uso de cápsulas de lactase, que ajudam a digerir a lactose.