Leucemia Pelotas, Rio Grande do Sul

Leucemia em Pelotas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Leucemia em Pelotas e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Leucemia.

Maria da Graca Valente Cardoso
Rua Cassiano 451
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carlos Edmundo D. Gastal
(53) 3222-4714
Rua Gen Angolo 1386 - a
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Dias Soares Neto
(53) 222-5210
Rua Felix da Cunha 655
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Rosana Souza Van Der Laan
(53) 3028-2882
R Goncalves Chaves 659 - Sl. 309
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Augusto Froner Bicca
532-2559
R Marechal Deodoro 800 - Sl. 701
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Enrique Daniel Saldana Garin
Lobo da Costa 726 - 802
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Soares Siedler
(53) 225-4081
R Tiradentes 2923
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Milton Martins Moraes
Dr Cassiano 47
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilberto Abduch Junior
(53) 3225-0144
Rua Três de Maio 970
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Margot Fetter Costa
(53) 3225-5941
Pca Piratinino Almeida 8 - 14
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Leucemia: óleo de peixe pode ser a solução para a cura da doença

Imagem: (Foto Divulgação)Um composto originado do óleo de peixe pode ajudar a curar a leucemia, segundo um estudo divulgado no jornal Blood. O conteúdo conhecido como D12-PGJ3 é competente para atacar e extinguir as células-tronco da leucemia mielóide crônica (LMC) em roedores examinados em laboratório.A leucemia é um tumor que atinge as células brancas do sangue. O subtipo da doença analisado, a leucemia mielóide crônica, é avaliada como maligna e não curável com o uso de medicamentos. O único tratamento, atualmente, para cura da doença é o transplante de medula óssea.Segundo um dos autores da pesquisa, estudos anteriores já haviam apontado que os ácidos graxos são benfeitores para o bem-estar do sistema cardiovascular e para o desenvolvimento do cérebro, sobretudo em crianças. “Demonstramos agora que alguns compostos desse ácido têm a habilidade de destruir seletivamente as células-tronco da leucemia em camundongos”, afirma Sandeep Prabhu.As substâncias do ácido graxo eliminam as células-tronco cancerígenas tanto no baço quanto na medula óssea. Ele age acionado o gene p53, responsável por planejar a destruição da própria célula. “O gene p53 é um supressor de tumor que regula as respostas aos danos no DNA e mantêm a estabilidade genômica”, diz Prabhu.A terapia recente para LMC prolonga a vida do indivíduo ao sustentar o número de células do câncer baixa, mas os medicamentos fracassam em concluir a cura, já que elas não possuem como alvo as células-tronco da leucemia. O que resulta na dependência do paciente ao medicamento. “Se ele interrompe, a doença tem uma recaída, porque as células-tronco da leucemia são resistentes a essa droga” afirma Prabhu.PesquisaAo longo dos exames, os especialistas injetaram em cada roedor, cerca de 600 nanogramas de D12-PGJ3 diariamente, durante sete dias. Os testes apontaram que os roedores foram totalmente curados da enfermidade. O cálculo sanguíneo estava normal, e o baço voltou ao tamanho original. Nenhum deles tiveram recaída da enfermidade.Atualmente os especialistas estão estudando se o composto pode ser utilizado em estágios terminais da leucemia. Hoje em dia não existem medicamentos disponíveis para tratar a doença quando avança para esse estágio.