Tratamento Da Doença De Chagas Santarém, Pará

Tratamento Da Doença De Chagas em Santarém. Encontre telefones, endereços e informações sobre Tratamento Da Doença De Chagas em Santarém e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Tratamento Da Doença De Chagas.

Edson de Araujo Alves Ferreira
(93) 3522-3503
Av Marechal Rondon 1587
Santarem, Pará
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Rui de Mendonca Alho
Trav Morais Sarmento 650
Santarem, Pará
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Marcelo Bandeira Coelho Dias
(91) 249-0555
Tv 14 - de Abril 1418
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Emanuel Conceicao Resque Oliveira
241-8078
Rua Dom Pedro I 918
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia Pediátrica

Dados Divulgados por
Guilherme Lins de Vasconcelos Chaves Neto
(91) 3222-0860
Tv Quatorze de Marco 1206
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia da Mão

Dados Divulgados por
Valdenira dos Santos Menezes
522-1751
Trav Silvino Pinto 726
Santarem, Pará
Especialidade
Cirurgia Pediátrica

Dados Divulgados por
Fernando Aguiar Pereira Guimaraes
(91) 3223-0910
Av Serzedelo Correa 354
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Valdenira dos Santos Menezes
522-1751
Trav Silvino Pinto 726
Santarem, Pará
Especialidade
Cirurgia Pediátrica

Dados Divulgados por
Francisco Jadir de Souza Campos
(91) 3249-8470
Trav. 14 de Abril 1549 - Térreo
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Dados Divulgados por
Marcelo Alexandre Prado Magalhaes
Av Gentil Bittencourt 2175
Belem, Pará
Especialidade
Cirurgia do Aparelho Digestivo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como se trata a Doença de Chagas? Diagnóstico

A doença de chagas é uma doença infecciosa causada por um protozoário parasita chamado Trypanosoma Cruzi, o nome foi dado por seu descobridor, o cientista brasileiro Carlos Chagas, em homenagem a outro cientista, que também é brasileiro, Oswaldo Cruz.A doença é adquirida através da entrada do Trypanosoma no sangue dos humanos a partir do ferimento da picada por triatomas, mais conhecida como barbeiro ou chupões, como são conhecidos no interior do Brasil.Estes barbeiros alimentam-se de sangue e contaminam-se com o parasita quando sugam sangue de mamíferos infectados, que são os reservatórios naturais, que podem ser bovinos, ou mesmo outros humanos contaminados. Uma vez no tubo digestivo do barbeiro, o parasita é eliminado nas fezes junto ao ponto da picada, quando eles sugam o sangue dos humanos que por aí infectam-se.Existem outras formas de adquirir a doença: forma de contato ocorre na vida intra-uterina por meio de gestantes contaminadas, de transfusões de sangue ou acidentes com instrumentos de punção em laboratórios por profissionais de saúde, porém, essas últimas são bem raras de acontecer.Para fazer o diagnóstico da doença é preciso levantar suspeita quando ficarmos diante de um indivíduo que andou por zona endêmica e apresenta sintomas compatíveis. Testes de detecção de anticorpos ao Trypanosoma no sangue mais comumente, bem como a detecção do próprio parasita no sangue, nas fases mais agudas fazem o diagnóstico.A doença é tratada por meio de medicamentos, o benzonidazole, que é muito tóxico, sobretudo pelo seu tempo de tratamento, que pode variar de três a quatro meses. O uso da droga é comprovado o benefício na fase aguda. Na fase crônica o tratamento é feito conforme as suas manifestações. A diminuição da capacidade do coração “trabalhar” é tratada como na insuficiência desse órgão por outras causas, podendo, em alguns casos mais específicos, impor a necessidade de transplante.