Tratamento Gratuito Para Dislexia São José, Santa Catarina

Tratamento Gratuito Para Dislexia em São José. Encontre telefones, endereços e informações sobre Tratamento Gratuito Para Dislexia em São José e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Tratamento Gratuito Para Dislexia.

Jolnei Antonio Hawerroth
3242-3353
Rua Caetano Silveira de Matos 2631
Palhoça, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia do Aparelho Digestivo

Dados Divulgados por
Eduardo Miguel Schmidt
3224-8808
Rua Menino Deus 63 - 507 e 508
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia do Aparelho Digestivo

Dados Divulgados por
Cristiano Paulo Tacca
2108-8888
Av Osmar Cunha 415
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia da Mão

Dados Divulgados por
Fabio May da Silva
3224-0606
Rua Menino Deus 63 - 208
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia Torácica

Dados Divulgados por
Renato Stoeterau
3240-0303
Rua Gal Estilac Leal 122
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia Pediátrica

Dados Divulgados por
Leonello Ellera Bocchese
324-4236
Rua Antonieta de Barros 211
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia Pediátrica

Dados Divulgados por
Roman Leon Gieburowski Junior
3224-9755
Av Osmar Cunha 217
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia do Aparelho Digestivo

Dados Divulgados por
Orli Franzon
3244-0188
Rua Jose do Vale Pereira 59
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Alfredo Rodolfo Schmidt Hebbel Busch
3216-1300
Rua Bocaiuva 2013
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia Geral

Dados Divulgados por
Sandra Regina Polimeni Diniz Maciel
3244-1714
Rua Ver Batista Pereira 653
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cirurgia do Aparelho Digestivo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Tratamento Gratuito Para Dislexia

A dislexia não chega a ser uma patologia em si, mas está relacionada a uma dificuldade de aprendizagem que torna árdua a tarefa de acompanhar o conteúdo da escola. O diagnóstico dos primeiros sintomas do problema acontece na infância, quando a criança não apresenta bom rendimento nas aulas e não compreende as lições.O disléxico não consegue executar com aptidão as tarefas de ler, escrever e soletrar. O seu transtorno de aprendizado não costuma ser resultado de uma má alfabetização ou falta de vontade para adquirir conhecimento, mas sim de fatores genéticos. Apesar de o distúrbio ser irreversível, um tratamento pode melhorar a vida do disléxico na escola e prepará-lo para a vida adulta.Novas formas de tratar a dislexia estão sendo discutidas por especialistas, mas o acompanhamento psicológico e uma pedagogia apropriada costumam fazer toda a diferença. Os alunos disléxicos acabam sendo reprovados nas escolas mesmo antes do seu déficit de aprendizado ser diagnosticado, o que sugere ainda um despreparo das instituições de ensino para lidar com o problema.O diagnóstico da dislexia só é possível com a identificação dos primeiros sintomas ainda na infância. A criança que sofre do problema sente dificuldade para ler e escrever, não consegue interpretar textos, tem um léxico limitado, baixo nível de memorização e até mesmo demonstra falta de habilidade para tarefas que exigem coordenação motora, como amarrar sapatos.A dislexia precisa ser encarada com seriedade pelos pais e educadores, pois somente assim a criança aprenderá a lidar com o seu problema. Quanto mais tardio o diagnóstico, menores são suas chances de superação. É importante lembrar que cada faixa etária acadêmica apresenta uma lista de dificuldades para aprender, por isso o tratamento é contínuo na vida do disléxico.Quando a dislexia não recebe o tratamento apropriado, aumentam as chances de aparecer outros problemas na vida do indivíduo, como a agressividade e depressão. A adaptação às dificuldades de aprendizagem não é feita apenas com o disléxico, mas também com a família que precisa aceitar e se adaptar as limitações.Existem ainda dúvidas sobre como tratar a dislexia, mas a psicologia propõe algumas soluções. A terapia com um psicólogo pode ser importante para o disléxico, uma forma de conseguir controlar o problema e conter possíveis nervosismos com a condição. O distúrbio também merece atenção dos educadores, que precisam ter uma didática apropriada para lidar com as dificuldades de aprendizado do disléxico.O tratamento gratuito para dislexia é encontrado nas escolas públicas junto ao psicólogo de cada instituição. O profissional que atua na área de psicologia da educação está bem munido de conhecimentos para lidar com pessoas disléxicas.