Tratamento Para Distúrbios De Personalidade Arapongas, Paraná

Tratamento Para Distúrbios De Personalidade em Arapongas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Tratamento Para Distúrbios De Personalidade em Arapongas e região. Leia o artigo abaixo para obter dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Tratamento Para Distúrbios De Personalidade.

Elisabete Borges
(43) 3152-2310
Rua Saí 33
Arapongas, Paraná
 
Lurdes Aparecida Ferdinanda
(43) 3275-3662
Rua Marabu 671
Arapongas, Paraná
 
Lea Rene Broch Duarte
(43) 3256-2783
Rua Estilac Leal 286 s 4
Rolândia, Paraná
 
Débora Menegazzo
(43) 3422-2560
Rua Doutor Nagib Daher 576
Apucarana, Paraná
 
Fernando Campos Ferreira
(43) 3254-4609
Avenida Brasil 528
Cambé, Paraná
 
Patrícia Hirata
(43) 3252-0939
Rua Tucanos 869
Arapongas, Paraná
 
Gutemberg Henrique Costa
(43) 3055-2580
Rua Hárpia 629
Arapongas, Paraná
 
Clínica de Hipnose e Regressão Valderez Penna Rank
(43) 3033-3287
Avenida Curitiba 1433 s 207
Apucarana, Paraná
 
Clínica de Psicologia Maria Ap. Honorato
(43) 3423-4631
Rua Osório Ribas de Paula 794 s 8
Apucarana, Paraná
 
Gláucia Penasso
(43) 3254-4039
Rua Pará 905
Cambé, Paraná
 

Tratamento para Distúrbios de Personalidade

Para sabermos o que é transtorno da personalidade, primeiro deve-se saber o que é personalidade. E aí você sabe o que é Personalidade? Realmente tanto se fala nesta palavra, mas poucos sabem o significado correto, por isso iremos aqui dar a sua definição, personalidade é nada mais que o conjunto dos traços emocionais e de comportamento de um indivíduo (caráter), bem agora fica mais fácil de entendermos, o que é estes tão falados transtornos de personalidade.O transtorno de personalidade ocorre quando esses traços são muito inflexíveis e mal-ajustados, ou seja, danificam a conformação do indivíduo às ocasiões que enfrenta, causando a ele próprio, ou mais comumente aos que lhe estão próximos, sofrimento e incomodação, e devemos lembrar que não tem uma causa especifica, e que geralmente estão relacionadas com a vivência infantil e as de adolescência do individuo, agora sim, podemos identificar este tipo de transtorno.De acordo com o manual de psiquiatria, estes transtornos são divididos em três grandes grupos, o grupo A (transtornos excêntricos ou estranhos) assim os indivíduos que estão neste grupo, costumam ser batizados como esquisitos, isolados socialmente, frios emocionalmente, inexpressivos, distantes e muito desconfiados. Este grupo está mais propenso a desenvolver sintomas psicóticos; grupo B (transtornos dramáticos, imprevisíveis ou irregulares), nele, está presente os indivíduos que são vistos aos olhos de outros como manipuladores, rebeldes, com tendência a quebrar regras e rotinas e irritantes, e grupo C (transtornos ansiosos ou receosos) os sujeitos que formam este grupo são vistos como medrosos, ansiosos, frágeis, dependentes, fóbicos e com disposição a serem submissos, organizados, obedientes.O tratamento para distúrbios de personalidade é algo muito particular, já que nem todos os transtornos têm as mesmas características, e o diagnostico não é feito da mesma forma, o que podemos afirmar que é bastante difícil e demorado, e é baseado na psicanálise e psicoterapia. Lembrando que na maioria das vezes este estimulo de tratar-se vem dos familiares e amigos mais próximos.Dentre um dos que é difícil de diagnosticar e por isso representa mais perigo para a sociedade é o caso do psicopata. O psicopata tem transtorno de personalidade, mas, não dá para ser perceptível porque trata-se de pessoas de jeito muito agradável de ser, bons profissionais, mas que estão sempre a tramar o mal. Para eles, com o objetivo de conseguir seus objetivos vale à pena passar por cima seja de quem for.Eles possuem a capacidade de articular seus planos em prol de tirar alguém do seu caminho, São racionais, frios, fingem afeto, porém são incapazes de sentir qualquer tipo de emoção positiva por alguém. Nem sempre eles são assassinos em potencial e são de uma frieza terrível. Não confundi-lo com os doentes mentais porque eles não possuem nenhum tipo de desordem na mente, mas sim na personalidade. Para a medicina, infelizmente, o caso de psicopatia não tem cura enquanto para as doenças mentais já possuem uma infinidade de tratamentos. Estes é apenas um dos tantos casos de distúrbios de personalidade.